O sagrado percebido com o método das ciências e a liberdade das artes

Apresentação

Com todo o saber desenvolvido pelas ciências naturais e sociais, o mistério da vida permanece e desperta sempre uma atitude mística nas pessoas. Muitas culturas, então, buscam integrar a sabedoria das tradições espirituais e religiosas sobre o sentido da existência às descobertas científicas do mundo.
Hoje, ciência e tradição dialogam, reconhecendo o dinamismo do fato religioso, buscando promover o seu potencial humanizante, além de resgatar o costume milenar das peregrinações através do turismo religioso, que se encontra em ascensão em todo o mundo.
É nesse contexto que surge na cidade pernambucana de Igarassu o Parque das Religiões, consolidando o turismo cultural e religioso no Estado.
O Estado tem referências extremamente propícias ao maior desenvolvimento do turismo religioso.
Além das tradicionais festas católicas, das históricas igrejas barrocas, dos conventos do Recife e de Olinda e do espetáculo da Paixão de Cristo em Nova Jerusalém, o Estado contou, desde as suas origens, com uma forte presença judaica, tendo inclusive sediado a primeira Sinagoga das Américas. Por sua vez, as religiões afro-brasileiras evidenciam, entre nós, a simbiose cultural dos símbolos de matriz africana com o nosso próprio modo de ser. Por sua abertura marítima e comercial centralizada no Porto do Recife, Pernambuco ontem, como hoje, soube alargar seus horizontes, tanto no plano material e econômico como na busca da espiritualidade de sua gente.


 

Ganhos práticos

Novo atrativo na área de turismo cultural e religioso, possibilitando a convivência entre seguidores de diversos caminhos espirituais.
Novo polo de turismo ecológico, desenvolvendo rotas e trilhas de acesso por terra e de barco e explorando o potencial histórico e natural do litoral norte.
Novas oportunidades de emprego e renda diretas e indiretas (inclusive por meio da produção de material publicitário e artesanal do Museu).
Movimentação do comércio gerada por um novo ponto turístico.
Possibilidade de complementação da aprendizagem, em local apropriado, da disciplina Ensino Religioso, que integra o currículo escolar obrigatório.


  • Investimento e implantação

    O investimento está estimado em R$ 66 milhões, para a completa edificação de uma área de 5.000 m², mais infraestrutura, paisagismo, instalações especiais, equipamentos, projetos e gestão de implantação.

  • Ponto de partida

    A ideia seminal do Parque das Religiões surgiu quando Dom Hélder Câmara era o arcebispo de Olinda e Recife, haja vista que ele foi um ardoroso defensor e praticante do diálogo inter-religioso...

  • Organização e gestão

    São previstos três órgãos colegiados para a gestão do Museu Parque das Religiões, Conselho Gestor, Conselho Científico e Conselho Consultivo...

contato@parquedasreligioes.com.br

Entre em contato

Novidades

  • IMG_10000-1-

    AUDIÊNCIA COM PREFEITO DE IGARASSU

    Prezados amigos, Na manhã de ontem, 22 de janeiro, representantes do museu Parque das Religiões – Frei Tito, Gilbraz Aragão, Luiz Teixeira, Sérgio Ferreira e eu (vejam foto anexa) – estiveram reunidos com o Prefeito de Igarassu, Sr. Mário Ricardo. Na ocasião, Sérgio apresentou o projeto em data-show, mostrando os principais pontos pensados para o […]

    By Verônica Lima | 24 de janeiro de 2014

    Read More

  • EM BUSCA DO LUGAR…

    Em busca de um lugar pra plantar um sonho… No último sábado de abril, integrantes do grupo de coordenação do Espaço das Religiões deram mais um passo no sentido de concretizar o sonho de implantação de uma área destinada a desenvolver o diálogo inter-religioso. Visitaram terrenos no litoral norte, com as características apropriadas ao empreendimento […]

    By Gilbraz Aragão | 1 de maio de 2011

    Read More